(Leia ao som de I surrender do A day to remember)

Eu repeti os mesmos erros, todas as vezes eu repeti os mesmo erros. Se por fora eu já tinha desistido e decorado sorrisos, por dentro eu sempre descobria uma desculpa para recomeçar e acreditar que você mudaria, por Deus você tinha que mudar, como ainda era possível alguém ser assim ? Foi algo que só você pode me mostrar. E hoje em dia eu tenho pena de você. Que nenhum ato de coragem seria necessário porque você sempre conseguia o que queria de mim. Não importava quantas vezes seguisse a mesma rotina de desculpas calculadas, você pedia pra voltar e voltava, eu acreditava, pois a gente consegue dessa vez não é ? Só fica mais um pouco, dessa vez eu não sou capaz de te mostrar a saída, confia em mim só mais dessa vez. Só mais dessa vez e quantas vezes mais ? Até que finalmente possamos nos encontrar em meio ao caos. Eu passei noites em claro esperando o telefone tocar e ele nem sequer tocou. O amor tem prazo de validade afinal, esse foi o nosso e o silêncio é a resposta.

Das vezes que eu vi a vida fazendo sentido eu olhei pra trás pra ver se não tinha esquecido de nada. Bagagens se tornam pesadas quando você não sabe o que carrega consigo. Eu levei tanta coisa sua durante tanto tempo e me pergunto se foi necessário. Não, não foi, cansei de viver só de você e pouco de mim. Cê nunca nem mereceu nada daquilo e se nada foi o bastante pra te fazer ver não vai ser eu quem vai continuar, você tem pouco pra me dar e melhor que você tá cheio por ai.

Você mesmo disse que a gente não saia inteiro dessa história, você nunca saiu inteiro porque sempre foi metade, eu te dava as minhas partes. Mas você pode até viver com pouco mas eu não. Já não era mais você e não tem sido a tanto tempo e eu parei de insistir nessa história, e dessa vez não é como desistir de mim, é desistir de tentar te salvar de si mesmo. E saber reconhecer que eu precisava viver mais dessa história pra saber que não já tinha mais história nenhuma e ainda assim te agradecer por ser uma das lembranças dolorosas mais bonitas.

Mas eu não poderia deixar de te dizer, se você me conhece bem sabe que eu nunca deixaria de te dizer algo assim. Que eu não sou a escolha certa se você quiser ir pelo caminho mais fácil. Que se você se importasse teria dito alguma coisa mesmo já dizendo tudo. Teria apagado as marcas que o tempo trouxe mas tudo o que fez foi criar novas que só serviram pra me fazer ver que você é vazio por dentro. E que se esse tempo todo nos perdemos um do outro talvez não tivéssemos a menor chance de ter dado certo juntos. E mesmo te culpando de tudo, mesmo assumindo a maior parte da culpa por você, lembra que antes do fim a gente foi feliz, e já não é mais você quem pode me fazer sentir assim.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s